Cruzeiro, Atlético-PR, Internacional e Vitória vencem; veja detalhes

Matéria publicada em: 10/11/2013 às 20:47

page-952-300x250eEra para ser o jogo do título, mas ele foi adiado. O Cruzeiro fez sua parte, venceu o Grêmio no Mineirão por 3 a 0 e colocou nove dedos na taça de campeão do Brasileirão. Mas a vitória do Atlético-PR para cima do São Paulo impediu o time celeste de decretar o terceiro caneco nacional. Porém, na próxima rodada, a Raposa já não depende mais de ninguém para ser o dono do Brasil por antecipação.

Diante de um público gigante no Mineirão, o time de Marcelo Oliveira fez valer a precisão técnica. Isso foi visto no golaço de Borges, na metade final do primeiro tempo. A meia-bicicleta do camisa 9 deixou Dida parado na pequena área. Porém, no sul, o Furacão já vencia com vantagem. No segundo tempo, Willian saiu do banco para aumentar a vantagem no placar do Gigante da Pampulha e Ricardo Goulart fechou o caixão gremista.

Ir para Bahia e vencer o Vitória é sinônimo de tricampeonato. Com 71 pontos conquistados, o Cruzeiro tem 13 a mais que o time paranaense. Assim sendo, caso vença 34ª rodada, ele, no mínimo, mantém a atual distância, mas restarão apenas quatro partidas para acabar o nacional (ou seja, 12 pontos em disputa para uma diferença que ficará em 13 pontos). Porém, caso o Atlético-PR não faça três pontos, o Cruzeiro já ergue a taça, independente do resultado no Barradão.

Atlético Paranaense 3×0 São Paulo

O Atlético-PR, único time que ainda pode tirar o quase certo título brasileiro do Cruzeiro, não permitiu celebração da torcida celeste, que lotou o Mineirão para ver a vitória sobre o Grêmio. Com gols de Marcelo, Luiz Alberto e Éderson, a equipe paranaense fez 3 a 0 sobre o São Paulo e adiou a conquista cruzeirense.

 

Internacional 2×1 Botafogo

Bolívar, de tanta história, de tantos títulos pelo Inter (incluindo duas Libertadores), falhou contra o ex-time neste domingo, em Caxias do Sul, e serviu como atalho para a vitória vermelha por 2 a 1 – resultado fundamental na luta dos gaúchos para evitar riscos de rebaixamento. Os dois gols colorados saíram em lances que envolveram o zagueiro alvinegro. Jorge Henrique e Jackson marcaram para o time da casa. Dória descontou para o Botafogo.

Ponte Preta 0x3 Vitória

A empolgação da Ponte Preta com a classificação histórica às semifinais da Sul-Americana sofreu um duro golpe na tarde deste domingo. Com um primeiro tempo irreparável, o Vitória fez 3 a 0 no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, ganhou força na briga pela Libertadores e freou a recuperação alvinegra na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Renato Cajá, Ayrton e Dinei, todos antes do intervalo, fizeram os baianos colar no G-4 e deixaram a Macaca ainda mais ameaçada pela degola.

Comentar no Facebook

Deixe seu comentário

José de Freitas Agora | Copyright © 2010-2012 | Todos os direitos reservados
  • Política de privacidade
  • Contato
  • by Paulo Kampus