Deputados da oposição fazem protesto e não comparecem a abertura do ano Legislativo

Deputados da oposição resolveram confrontar o governo do Estado. Na manhã desta segunda-feira (5), parlamentares anti-PT não compareceram a abertura do ano legislativo estadual em protesto contra o governador Wellington Dias (PT).

Dos 30 deputados, 19 parlamentares estão em plenário. Os cinco da oposição: Gustavo Neiva, Rubem Martins, Marden Menezes, Luciano Nunes (que está em viagem para reunião com o presidente Michel Temer), Dr. Pessoa e Robert Rios se ausentaram da solenidade.

O governador já chegou para ler sua mensagem anual no plenário.

O terceiro vice-presidente da Assembleia Legislativa, Evaldo Gomes (PTC), comandou o evento fazendo a abertura do trabalhos. Ele preside a sessão porque o presidente, deputado Themístocles Filho (MDB), está em viagem pra um evento com o presidente Michel Temer (MDB), em Brasília.

Evaldo Gomes lamentou a ausência dos deputados da oposição, mas disse que respeita a decisão de cada um.

“Respeito, porque todos têm o direito de fazer o que quiserem. O importante é manter o diálogo para continue estabelecendo a democracia”, afirmou.
O deputado Evaldo falou que espera que este ano, mesmo sendo de disputa eleitoral, a Assembleia possa contribuir ainda mais com o desenvolvimento do Estado e auxiliar quanto às demandas do governo.

“É um ano atípico, é preciso que se compreenda que cada deputado tenha a sua responsabilidade sabendo que muitos vão buscar a reeleição e a gente vai, lógico, conversar para ter entendimentos. Esperando que seja um ano para o Estado, após ter passado por uma crise, mas tem conseguido o manter o equilíbrio econômico. O ano passado mesmo com as divergências e discussões mais achoutadas, conseguimos manter esse equilíbrio e colaborar com o governo do Estado”.

Comentar no Facebook

VIDEOS REPORTAGENS

CURTA NOSSA PÁGINA