Dono de posto contabiliza R$ 145 mil em prejuízo com sequência de quatro assaltos

Na tarde desta quarta feira (06/12), por volta das 18h30, o empresário Jeferson Sampaio, proprietário da rede de postos de combustível Bugatt, sofreu o quarto assalto em 120 dias. Segundo ele, existe algum tipo de perseguição contra as empresas dele, pois os assaltos seguem sempre o mesmo padrão. Ele já contabiliza um prejuízo de cerca de R$145 mil.

“Um carro Fox, com a placa clonada chegou, os bandidos abordaram o frentista, tentaram pegar a chave do bolso dele para entrar do escritório mas não conseguiram, então levaram R$ 1000 reais. O engraçado é que em 120 este é o quarto assalto, e só é carro”, disse o empresário.

Jeferson acredita que vem sofrendo algum tipo de perseguição por alguém que o quer fora do mercado. Ele já denunciou isso para a polícia e o caso está sendo investigado pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). “Eu tenho certeza que é algum tipo de perseguição, mas eu vou continuar trabalhando, vou ver se eu vendo meu carro, e ver o que eu faço, mas não vou fechar” afirma.

Além disso, o empresário afirma que a Greco ainda não deu nenhuma solução para o caso. “Esse tempo todo não me dão resposta de nada, por que de trinta em trinta dias eu estou sendo assaltado, daqui a trinta dias eles vão lá pegar mais dinheiro. Ninguém foi preso”, desabafa.

Comentar no Facebook

PUBLICIDADE

VIDEOS REPORTAGENS

CURTA NOSSA PÁGINA