Filho de ex-vereador é preso acusado de tráfico de drogas

 Filho de ex-vereador de Picos, Samuel Marques Gonçalves, o Samuel de Chico de Chicá, foi preso, no sábado, em cumprimento de prisão preventiva por tráfico de drogas, decretada pela Justiça do município.

A Polícia Civil de Picos informou que Samuel é acusado de ser o suposto destinatário de cinco quilos de cocaína apreendidos na manhã do dia 10 de julho de 2017, no Terminal Rodoviário Zuza Baldoíno.

O delegado regional da Polícia Civil de Picos, Jonatas Brasil, conta que os policiais civis fizeram a apreensão no dia 10 de julho de mais de cinco barras de cocaína, totalizando mais de cinco quilos, além da prisão em flagrante de um rapaz que trazia a cocaína de São Paulo.

De acordo com Jonatas Brasil, o rapaz mantinha contato o tempo todo, durante toda a viagem, de São Paulo para Picos, com o destinatário, Samuel Marques Gonçalves, “Eles se falavam via mensagens e áudios do WhatsApp”, conta Jonatas Brasil, delegado regional da Polícia Civil de Picos.

(Crédito: Reprodução)

Jonatas Brasil falou que uma pessoa, cuja identidade não foi revelada e que também participa das gravações de áudios no aplicativo de mensagens do WhatsApp foi identificada e prestou depoimento. A pessoa foi ouvida na Delegacia Regional da Polícia Civil na presença do seu advogado e confirmou que era sua voz nas mensagens de WhattsApp.

Jonatas Brasil disse que em posse do mandado de prisão preventiva e também dos mandados de busca e apreensão, os policiais civis foram para a residência de Samuel Marques Gonçalves, para a residência de seus avós, para a lavoura dele, locais nos quais ele poderia ser encontrado.

Durante a madrugada, os policiais fizeram o cerco para aguardar o amanhecer e dar cumprimento ao mandado de prisão.

Houve tiroteio entre os policiais militares e Samuel Marques Gonçalves

Samuel Marques Gonçalves foi localizado pelos policiais em um restaurante ao lado de sua residência.

Quando os policiais civis entraram no bar, Samuel Marques Gonçalves se levantou e então começou a diligência. Ele correu para dentro de um matagal na beira do rio e os policiais civis fizeram o cerco e solicitaram apoio da Polícia Militar, com duas equipes da Força Tática.

Quando amanheceu, os policiais fizeram e deram voz de prisão à Samuel Marques Gonçalves.

Durante a abordagem, o delegado Jonatas Brasil falou que houve disparos por parte da polícia e do acusado.

“Houve disparos. Quando chegamos no bar e ele correu, ouviu-se estampidos, disparos de arma de fogo, então também foram efetuados outros disparos, porém, nenhum em direção ao preso. Os disparos não foram em sua direção, foram para o chão”, falou Jonatas Brasil.

O delegado Jonatas disse que durante a prisão houve desacato, desobediência, ameaças aos policiais e a seus familiares por parte de Samuel Gonçalves, todas registradas em vídeos e áudios.

Samuel Gonçalves já responde a outros processos criminais por homicídio, Tráfico de Drogas e Porte Ilegal de Arma de Fogo. Ele é filho do ex-vereador Francisco Gonçalves Nunes, o Chico de Chicá.

Fonte: Meio Norte

Comentar no Facebook

PUBLICIDADE

VIDEOS REPORTAGENS

CURTA NOSSA PÁGINA