Jovem pede prova de amor e namorado enterra homem vivo

Matéria publicada em: 25/09/2013 às 08:42

adolescente-pede-prova-de-amor-e-faz-namorado-enterrar-homem-vivo-na-pb3d6ed413d6af2c9900a8001dbf8cb0e6Um jovem de 18 anos é suspeito de ter assassinado um homem no município de Araçagí, a 64 km de João Pessoa, no Brejo da Paraíba, na última segunda-feira (23). Ele teria cometido o crime a pedido da namorada, uma adolescente de 16 anos, como uma ‘prova de amor’. Na delegacia, ele confessou o crime e ainda disse ao delegado que sentiu vontade de comer o fígado da vítima.

Segundo o delegado Walter Brandão, o suspeito admitiu que esfaqueou a vítima, de 27 anos, e depois enterrou o homem   ainda vivo. A namorada teria dito que seria uma ‘prova de amor’ vê-lo matando uma pessoa por ela.

— Ele ainda disse que deu vontade de comer o fígado do rapaz .

A vítima foi identificada como Aguinaldo Melo, de 27 anos. Ele foi até a residência onde o casal mora para comprar um frango. A adolescente teria dito ao namorado que o homem tentou abusa-la sexualmente e o jovem desferiu uma facada na barriga e outra no pescoço. A polícia recebeu uma denúncia anônima de que um corpo teria sido enterrado no quintal da casa.

O suspeito contou que enterrou a vítima enquanto ela ainda agonizava. A polícia fez buscas e recolheu o corpo. Um laudo com as causas da morte ainda deve ser divulgado.

O suspeito fugiu e foi capturado em um matagal da cidade. O crime chocou os moradores e diversas pessoas foram até o local para ver a cena do crime.

A adolescente já tinha diversas passagens pela polícia, como lesão corporal e ameaça. Ela foi detida e encaminhada a um centro de ressocialização.

Adolescente pede prova de amor e namorado enterra homem vivo

Adolescente pede prova de amor e faz namorado enterrar homem vivo na PBAdolescente pede prova de amor e faz namorado enterrar homem vivo na PB

FONTE: r7

Comentar no Facebook

Deixe seu comentário

José de Freitas Agora | Copyright © 2010-2012 | Todos os direitos reservados
  • Política de privacidade
  • Contato
  • by Paulo Kampus