Jovem de dezenove anos vive abaixo da linha de pobreza em José de Freitas

Compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A família da senhora Maria de Fátima Alves da Silva, 19 anos, mãe de dois filhos, sendo um com apenas um mês de nascido, e outro, com dois anos de idade, estão morando em uma choupana em situação de miséria, ao lado da subestação da Eletrobrás em José de Freitas.

Maria de Fátima, que cursou apenas a 4ª série do Ensino Fundamental, reside no local em condições sub-humanas, em uma casa com teto e paredes de palha, sem água, sem energia e sem o mínimo dos serviços essenciais de saneamento básico.

A moradora reclama que o momento mais difícil é durante as noites, por conta da falta de energia elétrica e pela presença de insetos que incomoda e podem provocar doenças nas crianças, mas acrescenta que mesmo assim, é conformada no casebre que mora hoje.

Não tenho vergonha de viver nessas condições de pobreza, pois é melhor morar aqui do que no meio da rua onde já morei por duas vezes, e é porque aqui não temos onde fazer nossas necessidades fisiológicas, pois todas as vezes temos que ir para o mato”, falou a mãe de família.

Mesmo sem ser beneficiária do programa Bolsa Família, e se alimentando através de doações da população e de vizinhos, Maria de Fátima externou que seu maior sonho, é ter uma casa própria e sair das situações vexaminosas que passa com os filhos, principalmente quando chove, devido ao grande número de goteiras existes no seu casebre de palha.

O departamento do Serviço Social do Município foi procurado para falar sobre o assunto, mas a assistente social Ana Márcia, responsável pela área de habitação do município, não foi encontrada para dar explicações quanto ao caso.

Por Arymathéa Ferreira

Comentar no Facebook

PUBLICIDADE

VIDEOS REPORTAGENS

CURTA NOSSA PÁGINA