Jurados absolvem réu por assassinato ocorrido há 21 anos atrás

Compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Em julgamento realizado na Câmara Municipal de Barras no último dia 26 de maio , o réu José Sales Ferreira foi absolvido da acusação de homicídio de Benedito Domingos da Silva, ocorrido em 1996 em um Povoado do município. O julgamento foi presidido pela Juiz Thiago Coutinho, o promotor Silas Sereno. O advogado Bruno de Araújo Lages atuou na defesa do réu, usando a tese de legitima defesa. O conselho de sentença era formado por sete jurados acolhido, que aceitaram a tese defensiva e absolveram o réu.

Bruno Lages explica que, na época, José Sales Ferreira estava em um determinado bar da região quando foi chamado por um primo da vítima para ir ao um batizado. Quando chegou no local, após alguns minutos, começou um discussão quando o réu efetuou o primeiro disparo de advertência. Ainda assim várias pessoas foram em sua direção armados de facas e fações, foi quando ele efetuou outro disparo que atingiu a vítima, mas, de acordo com a tese do advogado, o intuito de José Sales era se defender e afastar as pessoas que estavam correndo atrás dele.

O réu contou com o atenuante da sua visão estava comprometida pelo fato de não ter não existia energética no local.  “Esse episódio de violência foi ato isolado na vida do réu. Depois disso ele não cometeu qualquer outro tipo de delito até a presente data”, informa o advogado.

Comentar no Facebook

PUBLICIDADE

VIDEOS REPORTAGENS

CURTA NOSSA PÁGINA