Facec

Justiça: Por falta de um parecer do M.P. crime de jovem continua na impunidade

Matéria publicada em: 26/12/2013 às 09:12

<Familiares do jovem morto com tiro no peito na localidade Boqueirão do Adolfo zona  rural de José de Freitas, na noite do dia na noite no dia 26 de junho do corrente ano,  identificado como  Francisco Johnny de Andrade Macedo, 27 anos, que residia no Bairro Três Andares em Teresina, pedem justiça para o caso que se encontra parado por falta de um mandado de prisão.

Entendo o caso!

Na madrugada do dia (26) junho de 2013, Francisco Johnny de Andrade Macedo, 27 anos, que residia no Bairro Três Andares em Teresina, foi morto com um tiro de revólver calibre 38 na altura do peito. O crime aconteceu na Localidade Boqueirão do Adolfo, zona rural de José de Freitas.

johnny 2

O autor do homicídio foi identificado como “Raimundo Puba”, morador da comunidade Felicidade, zona rural deste município. De acordo com o soldado Alencar, da 3ª Companhia da Polícia Militar local, a vítima foi alvejada com um disparo a queima roupa efetuado pelo o acusado.

<

 

Raimundo Puba acusado do crime que responde o processo em liberdade

O fato aconteceu dentro do clube Ponto Certo, durante uma briga entre várias pessoas por ocasião de uma festa dançante, quando na oportunidade a vitima foi separar uma briga.

johnny 8

Clube dançante onde a vitima Francisco Johnny  foi assassinado 

Na época a policia civil concluiu o inquérito dentro do prazo que é de 30 dias após o crime, indiciando Raimundo Puba como autor do crime praticado na presença de varias pessoas na zona rural de José de Freitas.

<

Policiais civis que pediram o mandado de prisão contra o acusado 

A família ainda hoje aguarda o parecer favorável do promotor Écio Oto Ramos Duarte para que a justiça possa expedir um mandado de prisão contra o acusado que se encontra em liberdade após se apresentar na época acompanhado de um advogado,  na delegacia de polícia de José de Freitas.

promotor-ecio-oto-denunciou-o-candidato-a-vereador-jose-luiz-em-acao-penal-por-compra-de-votos-69106

 Écio Oto Ramos Duarte promotor de justiça de José de Freitas 

Raimundo Puba encontra-se em liberdade por não haver um mandado de prisão contra sua pessoa, familiares aguardam ansiosamente pelo parecer favorável do promotor Écio Oto Ramos Duarte.

johnny 5

Comentar no Facebook

Um comentário adicionado em “Justiça: Por falta de um parecer do M.P. crime de jovem continua na impunidade”

  1. Cleriane Melo Disse:

    Concordo com sr. Abdias Gomes, porém nunca devemos esquecer quem mata tem vida…

Deixe seu comentário

José de Freitas Agora | Copyright © 2010-2012 | Todos os direitos reservados
  • Política de privacidade
  • Contato
  • by Paulo Kampus