Marcelo Castro anuncia que será o candidato da base

Matéria publicada em: 10/01/2014 às 13:31

marcelo castro e governadorO governador Wilson Martins (PSB) passou a manhã desta quarta-feira (08/01) em reuniões, no Palácio de Karnak, com vários políticos locais onde o tema era Eleições 2014. Após a série de encontros, o governador participou de solenidade no Palácio. Durante o evento, o deputado Marcelo Castro apareceu e foi aplaudido por todos os presentes no local. No final da solenidade ele anunciou que será o candidato da base ao Governo do Estado.

Marcelo negou que o vice-governador Zé Filho  tenha sido pressionado. Segundo Castro, a decisão de não concorrer a reeleição, caso assuma o Governo em abril de 2014, partiu do próprio Zé Filho. “Durante reunião de ontem a noite, o Zé Filho anunciou essa decisão e me perguntou se eu aceitava ser o candidato da base”, declarou.

O peemedebista afirma que aguarda uma decisão final de Sílvio Mendes e do PSDB. A expectativa é que ainda hoje ocorra um encontro  na casa do governador Wilson Martins com os tucanos. “Eu rezo dia e noite para o Sílvio aceitar ser o meu vice”, disse Marcelo.

Entre os presentes no Karnak estavam, os deputados federais Júlio César (PSD) e Marllos Sampaio (PMDB), o presidente da Assembleia Themístocles Filho (PMDB) e o ex-senador Heráclito Fortes (PSB).

CRITÉRIOS QUE INFLUENCIARAM
Zé Filho teria informado na reunião que não possui condições de concorrer devido o problema de saúde. Recentemente ele fez uma cirurgia na perna e enfrenta uma diabetes. Os médicos avaliaram que ele não possui condições de enfrentar uma campanha política.

“Com essa decisão do Zé Filho, como eu tenho uma ampla experiência política, o partido decidiu que eu devo ser o candidato. Essa foi uma decisão tomada pelo partido. Não houve pressão de nenhuma das partes”, disse.

ZÉ FILHO ‘ACEITOU’
O vice-governdor Zé Filho aceitou e admitiu, assim como o 180graus já havia publicado há cerca de uma semana, que, por conta dos problemas de saúde, em especial após a cirurgia na perna que fez há alguns dias, não tem como aguentar uma campanha forte contra um adversário do quilate do senador Wellington Dias (PT). Mas não são poucos dentro da própria base que desconfiam desse ‘aceitar’ de Zé Filho. Ainda acham que o vice, que vai virar governador, ainda corre o risco de ‘trair’ e se lançar na disputa a reeleição.

FALTA AGORA FIRMINO
Com tudo praticamente acertado, inclusive com Silvio Mendes, que está fechado para ser vice de Marcelo, falta agora o lado tucano que ainda resiste à ceder uma cabeça de chapa. O prefeito de Teresina Firmino Filho é o grande nome. Ele queria que Silvio segurasse as declarações um pouco mais. Ele até topa, pois não vê outro caminho para o seu PSDB, mas também acha que ainda dava para o próprio Silvio ser o candidato de Wilsão. Vai ter uma conversa com o governador e Marcelo Castro ou nesta quarta ou nesta quinta.

Fonte: 180graus

Edição: Coronel Pinheiro

Comentar no Facebook

Deixe seu comentário

José de Freitas Agora | Copyright © 2010-2012 | Todos os direitos reservados
  • Política de privacidade
  • Contato
  • by Paulo Kampus