Facec

Professor repudia na rede social Facebook onda de assaltos e crimes em JF

Matéria publicada em: 08/12/2013 às 23:39

celio pequenoO professor e comerciante Célio Gomes Cardoso Gomes usou a sua conta na rede social Facebook na manhã deste domingo 08 para expressar sua indignação com a onda de criminalidade que se estalou em José de Freitas.

Durante os últimos dias foram registrados no 17ºDP desta cidade, assalto há um posto do Piauí Cap, vários acidentes de transito com vitima fatal, afogamento de um casal na Barragem do Bezerro e um assassinato também naquele balneário.

A cada dia apavoro-me diante das barbáries desenfreadas em nosso município, são mortes violentas no transito, nas festas, nas praças, nas residências e etc., onde estamos seguros? Meu amigo Élson foi mais uma vítima das desgraças que indignam os verdadeiros cidadãos: insegurança, imprudência, desrespeito, desumanidade, etc. Infelizmente não será o ultimo, jovens e mais jovens vivem desenfreados mergulhados no mundo de que tudo pode, pois não há leis suficientes e nem governos que preservem a vida de quem trabalha, diverte-se e etc.”.

professor celio

Em todos os acidentes e crimes que foram registrados no município tiveram o apoio da Guarda Municipal e da polícia militar de José de Freitas.

celio grandePor Coronel Pinheiro 

Comentar no Facebook

4 comentários adicionados em “Professor repudia na rede social Facebook onda de assaltos e crimes em JF”

  1. Joelma Santiago Disse:

    Caros conterrâneos, paz e bem, a FORÇA DO PENSAMENTO POSITIVO, aumenta a auto estima, renova esperança, e fortalece as relações, porém, muita coisa mudou, as pessoas estão mais egoístas, sem solidariedade, incitam e desejam o mal uns dos outros, colocam umas contra as outras, não criam mais vínculos de amizades verdadeiras, vivem em campos de guerra, difamam e caluniam, e a espiritualidade parece cada vez mais distante da FÉ que liberta, e com isto o pior acontece, os maus fluidos rondam a cidade, ruas e lares, aumenta a descrença no bem, na justiça e lealdade, estamos dispostos a melhorar, ou deixar as coisas como estão, e a solução será somente reclamar, ainda há tempo, toda hora somos chamados por DEUS a viver e praticar o BEM, uma boa semana aos freitenses.

  2. Francisco Saraiva Disse:

    É pra se indignar mesmo. A polícia e a Guarda Municipal não podem, sozinhas, resolver os problemas de criminalidade e acidentes. Faltam ações preventivas e fiscalização. A sociedade e os homens públicos precisam da cidade precisam discutir medidas preventivas.
    Por exemplo, a barragem à noite tem sido palco de constante de diversos tipos de crimes. Porque não são tomadas providencias??? Falta sinalização e fiscalização no trânsito. Pessoas dirigindo na contra mão, sem habilitação, embriagados, etc, são comuns. Nos finais de semana pioram ainda mais as coisas. Não esperemos por milagres. É preciso discutir o problema e buscar soluções. Que tal fechar os bares da barragem depois da meia noite. Que tal as policias fazerem blits relâmpagos?? Que tal fazer a sinalização de trânsito das ruas principais. Como fazer isso, não sei. Mas, não esperemos por milagres.

  3. Alex Disse:

    Como pedir fiscalização da PM, quando estava ocorrendo blitz um certo tempo atrás, reclamavam que a PM tomava os veículos de trabalhadores, agora aguentem

  4. Francisco Saraiva Disse:

    Alex, tem pessoas reclamam, mesmo estando erradas. Mas não se deve deixar de fiscalizar porque algumas pessoas reclamam. Há leis e regras de trânsito para serem cumpridas.
    Quem anda irregular e reclama,quem mandou suspender as blits e quem autorizou a suspensão e as autoridades omissas tambem devem ser responsabilizadas pelo que está acontecendo.

Deixe seu comentário

José de Freitas Agora | Copyright © 2010-2012 | Todos os direitos reservados
  • Política de privacidade
  • Contato
  • by Paulo Kampus