Promotoria pede absolvição de Darlan por ausência de provas de posse de armas JF

darlan-1No último dia 13/02/2013, no fórum Juiz Alberto Veras, em José de Freitas-PI, aconteceu uma audiência de instrução e julgamento referente ao processo nº 0000354-09.2013.8.18.0029, movida pelo Ministério Publico Estadual, que apura a suposta prática de crime contra o Sistema Nacional de Armas, que figura como réu o freitense Darlan Araújo do Nascimento.

Em meados de 2013 Darlan foi preso por ter sido, supostamente encontrado em seu sítio várias armas de grosso calibre, cuja a posse, a materialidade e autoria do crime foi atribuída ao comerciante Darlan.

Na referida audiência foram ouvidas algumas testemunhas de acusação  e o interrogatório do réu, o qual negou que as referidas armas eram de sua propriedade e que não sabia a origem das mesmas, falou ainda que a polícia adentrou em seu sítio sem portar mandado de busca e apreensão.

DARLAN 3

Após a instrução criminal, o próprio representante do Ministério Público, Dr. Ecio Oto, reconheceu a inexistência de provas para a condenação e em sede de alegações finais, requereu a absolvição do réu. O advogado de Darlan, em consonância com a manifestação do douto Promotor de Justiça, requereu a absolvição do acusado por ausência de provas capazes de fundamentar um decreto condenatório.

PROMOTOR DE JUSTIÇA

Com isso, Darlan poderá, caso o Magistrado acate a manifestação do Promotor de Justiça e do advogado de defesa, livrar-se de mais um processo que tramita na comarca de José de Freitas-PI.

Darlan 5

Comentar no Facebook

PUBLICIDADE

VIDEOS REPORTAGENS

CURTA NOSSA PÁGINA