Pronatec vai atender vítimas de exploração sexual

Matéria publicada em: 11/11/2013 às 15:44

prona-3-300x250eO Pronatec Copa Social, um projeto que qualifica jovens em situação de vulnerabilidade, vai atender vítimas de exploração sexual. O MTur e o Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (SESI) acabam de firmar parceria que permite que os jovens atendidos pelo projeto ViraVida, do SESI, e seus familiares, sejam incluídos no Pronatec Copa Social.

O programa do MTur vai oferecer 37 cursos, entre eles, garçom, barista e auxiliar de cozinha. Inicialmente o programa irá atender as cidades de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Cabo de São Agostinho, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Foz do Iguaçu, Goiânia, João Pessoa, Maceió, Manaus, Natal, Parnaíba, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo, Vitória e Uruguaiana.

“É uma oportunidade de incluir os jovens da situação de vulnerabilidade e inseri-los no mercado de trabalho”, disse o secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota.

Os órgãos municipais de turismo vão atuar como parceiros na realização das pré-matrículas. A publicidade e a organização da demanda serão de responsabilidade das regionais do SESI.

O Projeto ViraVida atende jovens de idade entre 16 e 21 anos vítimas de violência sexual. Por meio de um processo socioeducativo, são oferecidos cursos profissionalizantes conforme o perfil e as expectativas das vítimas.

 Fonte: Com informações da Assessoria

Comentar no Facebook

Deixe seu comentário

José de Freitas Agora | Copyright © 2010-2012 | Todos os direitos reservados
  • Política de privacidade
  • Contato
  • by Paulo Kampus