Travesti é presa acusada de vender drogas usando máquina de cartão

Matéria publicada em: 07/08/2017 às 14:17

 

Policiais da Força Tática do 5º batalhão apreenderam neste final de semana  122 invólucro de crack, 6 papelotes de crack com 100g cada, uma quantia de 518,80 reais em dinheiro trocado, dois aparelhos celulares, um tablet, uma balança de precisão e uma máquina de cartão de crédito em uma ação para desbaratar uma boca de fumo que funcionava na Vila Joana D’arc, na zona Leste de Teresina.

Alysson Lima da Silva (Crédito/ PM)

Segundo informações da polícia, toda a droga estava sob posse de uma travesti identificada como Fabrícia que fugiu de sua residência antes da chegada da polícia. Outra travesti identificada como Alysson Lima da Silva, foi presa sob acusação de ser a soldada do tráfico.

(Crédito/ PM)

Nossa equipe fazendo rondas e com informações do serviço reservado chegou até o indivíduo de nome Alysson nas proximidades da Vila Bandeirantes. Ele foi pego com uma certa quantidade de crack para venda e uma quantia em dinheiro. Fazendo levantamento fomos informados para quem ele estava vendendo essas drogas, chegamos até a Vila onde mora a senhora por nome Fabrícia que é a dona da boca de fumo e tem o Alysson como vendedor quando a droga já está pronta para o comércio. Infelizmente não conseguimos prender a dona da casa, mas vamos continuar as diligências”, declarou o comandante Idelbrando.

(Crédito/ PM)

Segundo a PM, a máquina de cartão de crédito era usada para venda da droga. “Era tudo muito sofisticado, eles usavam a máquina para vender a droga e podiam dividir em até seis vezes. Vamos conduzir o detido para os devidos procedimentos”, disse.

(Crédito/ PM)

 

(Crédito/ PM)

 

Fonte: meio norte.com

Comentar no Facebook

Deixe seu comentário

José de Freitas Agora | Copyright © 2010-2012 | Todos os direitos reservados
  • Política de privacidade
  • Contato
  • by Paulo Kampus