Vasco supera erros de goleiro e empata com Botafogo no Maracanã

Matéria publicada em: 21/10/2013 às 01:31

NOT-liderado-por-juninho-vasco-supera-erros-de-goleiro-e-empata-com-botafogo-no-maracana1382309558_460_322Na agonia contra o rebaixamento à Série B, o Vasco escapou de derrota neste domingo, no Maracanã, em clássico com o Botafogo. O time do técnico Dorival Junior viu o adversário abrir vantagem de dois gols logo no início por conta de erros do goleiro Diogo Silva, mas, sob a batuta de Juninho Pernambucano, arrancou empate por 2 a 2.

O  camisa 8 iniciou o jogo no banco, entrou depois do intervalo e contribuiu com duas assistências. O Botafogo, por sua vez, não teve alguns de seus principais atletas, caso de Clarence Seedorf, que foi poupado para a disputa das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, na quarta-feira – o primeiro jogo terminou empatado por 1 a 1.

Na próxima rodada, o Botafogo tem pela frente o Atlético-MG no Maracanã, partida que ocorre no sábado, às 18h30. No domingo, às 16h, o Vasco segue sua luta contra o rebaixamento em duelo fundamental contra a também ameaçada Ponte Preta. O jogo será em Campinas, no Moisés Lucarelli.

O Vasco está a três pontos do Bahia, primeiro time fora da degola. O Botafogo, por sua vez, está na quarta colocação, ainda no G-4. A distância em relação ao Goiás, o quinto colocado, é de quatro pontos. Já a diferença para o Cruzeiro  é de 12 pontos.

O resultado deixa o Vasco ainda em situação ruim. O time de São Januário chegou a 33 pontos e assumiu a 17ª colocação, que era do Criciúma no início da rodada. Os cariocas tinham chance até de deixar a zona em caso de derrota do Coritiba, mas os paranaenses derrotaram o líder  Cruzeiro em casa.

O clássico mal começou no Maracanã e o placar já foi inaugurado pelo Botafogo. Aos 6min, Diogo Silva afastou para trás a bola em jogada aérea e Dankler completou para o gol. No minuto seguinte, Lodeiro arrancou na intermediária e disparou de longe. O goleiro do Vasco, entretanto, se complicou de novo, e o uruguaio aproveitou rebote para ampliar.

O Botafogo ficou satisfeito com a boa vantagem adquirida em tão pouco tempo e passou a jogar com mais tranquilidade. Já o Vasco buscou reagir para que a situação na tabela ficasse menos desesperadora. Quem teve as melhores chances de descontar foi Marlone, que viu Jefferson fazer defesas seguras.

O Vasco voltou do segundo tempo com Juninho Pernambucano e Thalles, além da notícia de que o Coritiba vencia o Cruzeiro. E não demorou muito para que o time de Dorival Junior descontasse. Aos 8min, Juninho cobrou escanteio e Jomar desviou firme, sem chances para Jefferson.

A partida passou a ficar aberta depois do empate do Vasco, já que o Botafogo voltou a atacar mais. Enquanto isso, Keirrison marcou e deixou o Coritiba novamente em vantagem sobre o Cruzeiro. A última chance da partida veio em falta cobrada por Juninho aos 48min, mas Jefferson fez defesa espetacular tirando a bola do ângulo direito.

A situação passou a ser bem mais favorável para o Vasco, que acompanhou de longe o empate do Cruzeiro com o Coritiba. Como era necessário fazer sua parte, o time de Juninho igualou o marcador. O camisa 8 usou rebote de falta que ele próprio cobrou para cruzar para o gol de Pedro Ken.

FONTE: Terra

Comentar no Facebook

Deixe seu comentário

José de Freitas Agora | Copyright © 2010-2012 | Todos os direitos reservados
  • Política de privacidade
  • Contato
  • by Paulo Kampus